CemigPrêmio ProdutividadeFGTS Servidor ContratadoFinanciamento de veículoDireito Previdenciário

Financiamento pode dobrar o valor veículo


Paula Regina de Souza comprou seu primeiro carro financiado em 60 meses. Ela conta que o financiamento tinha encarecido muito a compra do veículo, mas que ela não sabia que existiam irregularidades que contribuíam para este aumento.
 
Depois de quitar menos da metade das prestações do seu carro, Paula conta que seu pai ouviu um advogado do escritório Brettas & Reis falando sobre ação de revisão de contra-to de financiamento em uma rádio de Belo Horizonte, e aconselhou que a filha procurasse um advogado para analisar seu caso.
 
“Eu achava o valor final do veículo no financiamento um absurdo, por que era quase o dobro do valor inicial. Mas na época não tinha condições de comprar o carro a vista. Acho muito triste por que a população brasileira hoje compra tudo financiado, e acaba tendo prejuízo com isso, pagando quase dois carros no lugar de um”, explica.
 
Depois da indicação do pai, Paula conta que procurou o escritório Brettas & Reis e ajuizou a ação de revisão de financiamento. Os cálculos de juros abusivos mos-traram que ela estava pagando aproximadamente 20% a mais do que era devido pelo seu carro.
 
“Com o processo acabei fazendo um acordo com o banco, e dei uma oferta a vista para quitar o restante do veículo. Acredito que acabei pagando um valor jus-to pelo carro, e ainda não tive que ficar presa em um financiamento de 60 meses”, conta.
 
O advogado Kris Brettas, do escritório Brettas & Reis, explica que as irregularidades são as grandes responsáveis pelo aumento descontrolado nos financiados.
 
“No escritório já realizamos diversos acordos que foram favoráveis aos clientes, isso só prova que as ir-regularidades que apontamos nos contratos são reais, e que o consumidor deve recorrer a justiça para fazer valer seus direitos.”, explica o advogado.

  • Share :


 

© 2009 - 2015 - BRETTAS & REIS ADVOGADOS Todos os direitos reservados